A gratidão abre portas

 

Pare de sentir pena de você mesmo, seja grato.

Estar vivo é estar a mercê das dificuldades, problemas e desafios. Instintivamente acabamos por dedicar a maior parte de nosso tempo e energia a lamentações e mimimis.

Isso acontece porque nosso cérebro foca nas dificuldades e nos arremessa para dentro de um rodamoinho de restrições.

Uma das alternativas para sair de situações como esta, é ser grato.

Estudos da psicologia positiva indicam que uma das maneiras de impulsionar a vida é através da prática da gratidão.

Não tem mágica.

Emoções positivas são responsáveis por criar uma espiral evolutiva de sentimentos capazes de ampliar nossas perspectivas.

A gratidão é uma emoção positiva capaz de ajustar nosso foco mental no presente, agindo como um antídoto contra a tendência natural do cérebro de se apegar nas dificuldades.

Ser grato é abrir a porta para um estado de atenção plena onde você substitui a lamentação pelo reconhecimento do que existe de valioso em sua vida hoje.

A gratidão é uma prática diária e concentrada onde você fortalece seu entendimento com relação a suas posses e relacionamentos.

Ser grato não é agradecer. Agradecimento você faz com palavras.

Ser grato é um estado emocional, um sentimento, uma certeza, onde você mobiliza todo o corpo na mesma sensação.

Isso não significa que você não possa querer mais. Significa ter plena consciência do presente.

Você pode cultivar essa prática de várias maneiras, eu separei aqui, três delas, experimente:

FAÇA UM DIÁRIO:

 Esse é provavelmente um dos exercícios mais populares no cultivo da da prática da gratidão, consiste em fazer um diário onde todas as noites você faz uma pequena lista contendo entre 3 e 5 ítens para os quais você gostaria de expressar sua gratidão diária. Aconselha-se fazer no mínimo por noventa dias consecutivos.

ESCREVA CARTAS:

Escreva de próprio punho uma carta para a pessoa ou para as pessoas com as quais você é particularmente grato. Expresse seu sentimento e sua admiração e conte a história ou o fato com o máximo de detalhes mostrando a ela o porque de sua gratidão. Seja honesto com você mesmo, e só faça se de fato se sentir grato. 

MEDITAÇÃO 

A prática da meditação de gratidão é considerada como o xeque mate no caminho da felicidade.

É uma prática desafiadora, mas se você perseverar pode gerar muitos benefícios para sua saúde física e mental.

Comece criando uma intenção pura de gratidão para todas as coisas de sua vida.

Sente-se de forma confortável, observe o ritmo de sua respiração. Inspire, observe o ar entrando pelas narinas, observe o caminho do ar percorrendo seu corpo, e segure um pouco. Expire.

Inspire observando o percurso do ar novamente e segure.

Repita essa respiração três vezes.

Agora você vai inspirar visualizando no topo de sua cabeça, como se fossem nuvens, todas as pessoas, coisas ou situações para com as quais você é grato, e vai expressar sua gratidão a cada uma delas individualmente deixando-as irem embora como se fossem nuvens. Depois disso repita três vezes a respiração inicial.

Após repetir a respiração inicial é a vez de ser grato a vida, a sua capacidade de respirar, a sua capacidade de andar, de tocar, de enxergar, ao momento presente e etc.

Ao final dedique sua prática a todos os seres, para que eles também possam ter a possibilidade de cultivar a pratica da gratidão assim como você.

A oportunidade de cultivar a gratidão é uma decisão. Muitas vezes pode parecer difícil por conta dos nossos pensamentos, mas não desista. Esta prática é muito poderosa, pois te coloca de frente com presente. A consciência do presente é a maneira mais simples de melhorar sua satisfação com a vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *