A compaixão como semente da prosperidade

 

O julgamento é uma prerrogativa humana. O erro uma condição.

O sofrimento é resultado do entrelaçamento entre o erro e o julgamento.

Ambos nascem do medo, da ameaça.

Não gostamos de sentir medo.

Se nos apegamos a ele, corremos o risco de transformá-lo em raiva.

Se nos apegamos a raiva, podemos transformá-la em ódio.

E assim, estabelecemos um jogo onde não há vencedores.

Experimente por um momento fechar os olhos, respirar fundo e lembrar-se de uma situação onde você foi tomado pela raiva.

Consegue me dizer qual foi o benefício que essa raiva trouxe para sua vida?

Nas palavras do mestre zen, poeta e ativista da paz, Thich Nhat Hanh, “o ódio, a raiva e o medo são como labaredas de fogo que podem ser extintas pela COMPAIXÃO.”

A COMPAIXÃO é proativa.

Não se trata de sentir dó ou piedade.

A COMPAIXÃO é uma emoção positiva, uma energia cultivável, é o substrato da PROSPERIDADE.

É a ferramenta para a construção de uma vida sem sofrimentos.

Pressupõe que, eu, tu, ele, nós, vós e eles, erramos.

E que, portanto, quando usamos nossa raiva para apontar o erro alheio, podemos estar na verdade, escancarando o medo de apontar  para nós mesmos.

E, se por um momento, apenas por um momento, conseguirmos nos aproximar desse entendimento, estaremos prontos para dar início a uma grande transformação.

Se, por um momento, conseguirmos nos colocar no lugar de quem errou, estaremos nos dando a oportunidade de exercer a COMPAIXÃO com nós mesmos.

É o princípio da valorização da vida.

A COMPAIXÃO é uma sabedoria. Pode ser uma semente adormecida dentro de você.

Se queremos viver uma vida plena, próspera, feliz e abundante, precisamos de uma vez por todas utilizar nossos recursos para acordar esta semente.

COMPAIXÃO demanda coragem.

Coragem para reconhecer que a vida não começa e termina somente em você.

 

 

 

72 comentários sobre “A compaixão como semente da prosperidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *